Home Meio Ambiente Flexibilizar normas e exigências ambientais é mesmo o melhor caminho?